segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

10 Escritores famosos que eram ateus

Não há como negar que quando fala-se que alguém é ateu, logo vem o preconceito e a cara feia. 12 de fevereiro, é o Dia do Orgulho Ateu, e eu trago aqui os nomes dos 10 mais famosos escritores ateístas do mundo. A lista pode até surpreender alguns, e isso prova que crer ou não em Deus não interfere na intelectualidade das pessoas. Ou sim, mas não vamos discutir isso. Veja:

1 - Charles Dickens (07/02/1812 — 09/06/1870). Foi o mais popular dos romancistas ingleses da era vitoriana. A fama dos seus romances e contos, tanto durante a sua vida como depois, até aos dias de hoje, só aumentou. Entre os seus maiores clássicos podemos destacar Copperfield, Oliver Twist e A Christmas Carol.

2 - Douglas Adams (11/03/1952 — 11/05/2001). Foi um escritor e comediante britânico, famoso por ter escrito esquetes para a série televisiva Monty Python's Flying Circus, junto com os integrantes desse grupo de humor nonsense, e pela série de rádio, jogos e livros O Guia do Mochileiro das Galáxias.

3 - Ernest Hemingway (21/07/1899 — 02/07/1961). Foi um escritor norte-americano. Trabalhou como correspondente de guerra em Madrid durante a Guerra Civil Espanhola e a experiência inspirou uma de suas maiores obras, Por Quem os Sinos Dobram. Autor também de O velho e o mar, Prêmio Nobel de Literatura em 1954.

4 - George Orwell (25/06/1903 - 21/01/1950). Foi um escritor e jornalista inglês. Sua obra é marcada por uma inteligência perspicaz e bem-humorada, uma consciência profunda das injustiças sociais, uma intensa oposição ao totalitarismo e uma paixão pela clareza da escrita. É autor de 1984 e A revolução dos bichos.

5 - Isaac Asimov (02/01/1920 — 06/04/1992). Foi um escritor e bioquímico estadunidense, nascido na Rússia, autor de obras de ficção científica e divulgação científica. A obra mais famosa de Asimov é a série da Fundação, também conhecida como Trilogia da Fundação, que faz parte da série do Império Galáctico e que logo combinou com sua outra grande série dos Robots.

6 - James Joyce (02/02/1882 — 13/01/1941). Foi um romancista, contista e poeta irlandês expatriado. É amplamente considerado um dos autores de maior relevância do século XX. Suas obras mais conhecidas são o volume de contos Dublinenses/Gente de Dublin (1914) e os romances Retrato do Artista Quando Jovem (1916), Ulisses (1922) e Finnegans Wake (1939) - o que se poderia considerar um "cânone joyceano".

7 - José Saramago (16/11/1922 — 18/06/2010). Foi um escritor, argumentista, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português. Ganhador do Nobel de Literatura de 1998. Também ganhou o Prémio Camões, o mais importante prémio literário da língua portuguesa. Saramago foi considerado o responsável pelo efectivo reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa. Autor de Memorial do convento, Ensaio Sobre a Cegueira e O Evangelho Segundo Jesus Cristo, entre outros.

8 - Mark Twain (30/11/1835 — 21/04/1910). Foi um escritor, humorista e romancista norte-americano. Autor de "As aventuras de Huckleberry Finn", considerado em geral a mais importante contribuição de Twain para a literatura. Escreveu também As aventuras de Tom Sawyer.

9 - Philip Pullman (19/10/1946). É um ex-professor e escritor inglês, ateu militante britânico e o autor da trilogia Fronteiras do Universo (A Bússola de Ouro, A Faca Sutil e A Luneta Âmbar). A série já ganhou vários prêmios de literatura no mundo.

10 - Stephen King (21/09/1947). É um escritor estadunidense, reconhecido como um dos mais notáveis escritores de contos de horror fantástico e ficção de sua geração. Seus livros foram publicados em mais de 40 países e muitas das suas obras foram adaptadas para o cinema. É o autor de Carrie, O Iluminado, A Tempestade do Século, O Apanhador de Sonhos e da série A Torre Negra.

*Este post foi criado pelo Cristiano Rosa, que além de postá-la em sua coluna Litteratus, é o responsável pelo excelente Blog Criando Testrálios. O Christiano também está no Twitter, siga-o para estar sempre antenado!

42 comentários:

  1. rsrs Eu não tinha dúvidas que o Philip Pullman era ateu. É só ler a série Fronteiras do Universo que rapidamente se percebe isso. Bem, acho que ninguém deveria criticar esse tipo de escolha. Uma pessoa não é má só porque não acredita e Deus e ela não se tornará boa, só por acreditar. Acho que o lance é fazer o bem. Simplesmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindíssima a sua percepção, concordo plenamente.

      Excluir
  2. George Orwell , Douglas Adams, Philip Pullman, Stephen! Sao ótimos!!
    Acredito que pra ser um gênio nao é necessario ser religioso. ^^

    ResponderExcluir
  3. Charles Dickens, Hemingway, George Orwell, James Joyce, Saramago, Mark Twain... estudei todos eles na faculdade, e todos eles são ÓTIMOS! religiosidade nada tem a ver com caráter ou genialidade.

    ResponderExcluir
  4. Era o minimo que podia se esperar de pessoas com um grau intelectual bastante elevado!
    Isso so comprova a teoria de que ateus tem QI mais elevados. Muitos dos grande genios da humanidade eram Ateus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós Ateus vivemos a cada dia em busca da verdadeira evolução, libertos de crenças e pregações, Têm os ATEUS e os ATOAS que não creem em nada.

      Excluir
  5. Cadê o Richard Dawkins
    HASUahushASUauhsA

    ResponderExcluir
  6. Contra argumentando o Cleverson
    "Isso so comprova a teoria de que ateus tem QI mais elevados. Muitos dos grande genios da humanidade eram Ateus!!!". É claro q o ateismo eleva o QI das pessoas e faz os países se desenvolverem, por mágica, assim como o Cristianismo cura milhões de pessoas por dia e o budismo reencarna milhões a cada ano. Isso não tem nada a ver com a dedicação pessoal, o talento e muito menos com as horas de estudo que a pessoa dedica a algo. É a mágica das religiões, pena que ALGUNS ateus acreditam nessas mágicas.

    ResponderExcluir
  7. Já li todos esses autores, exceto o Hemingway e o Joyce, e posso dizer que eles são fantásticos. Desses eu não sabia que o Mark Twain eo Charles Dickens eram ateus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor do blog está equivocado. Dickens era cristão e fazia proselitismo de sua fé.
      Viu só como os religiosos também são ótimos escritores! O número 1 da lista do autor do blog é cristão. kKKKKKKK

      Excluir
  8. EU sou cristão, e é o que importa quem é ou não ateu não faz diferença. Os livros?? Leio sim, mas não sigo os ideais dos autores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é pelo fato de ler esses belos livros que a pessoa vai mudar sua personalidade, muito pelo contrario.Ler livros faz vc ter sua propia personalidade, seu ponto de vista com a vida..Eu leio todos nem por isso vou deixar de acreditar em Deus..Tenho minha Fé, Minhas opnioes, meu ponto de vista.. Viva os livros!

      Excluir
  9. Perdão, mas não entendo a relação entre religião e genialidade! Ter fé em algo subjetivo ou não ter é irrelevante no que toca a capacidade de pensar ou criar. Tenho muitas e/ou nenhuma opinião sobre religião. Adorei Fronteiras do Universo e nem por isso Senhor dos Anéis caiu no meu conceito (guardadas as devidas proporções). Não há que se separar e sim agregar, acada um com sua visão, são todos gênios, principalmente para mim, que sei ser incapaz de escrever um livro.

    ResponderExcluir
  10. Ateísmo não eleva QI, é justamente ao contrário, pessoas com um certo grau de esclarecimento excluem a possibilidade da existencia de algo superior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pura falácia atéia! Apresente algum estudo ou uma tese que embase a asneira que falou. Se não pode, então cale-se, ateu burro.

      Excluir
  11. ATeísmo tô fora!a Bíblia sagrada nos diz que, louvai ao Senhor!bem aventurado o homem que teme ao Senhor,que em seus mandamentos tem grande prazer,A sua descendencia será poderosa na terra;a geração dos justos será abençoada.salmo-112.1-2

    ResponderExcluir
  12. nanclarez disse na realidade somos todos ateus so que a maioria nao sabe e vive cultuando essa mediocre e emocional em algo q aprenderam a crer por imposiçao sem nunca questionar e as religioes e o opio do povo e a fe e a fuga da realidade .

    ResponderExcluir
  13. aaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Fé nada tem a ver com religião e quem cita a bíblia é porque não tem idéias próprias.
    Todos nascem ateus mas são ensinados a acreditar em algo pelos seus genitores ou mais tarde por desconhecidos.
    São inúmeros escritores magníficos, ateus e religiosos e não se pode dizer que são brilhantes por serem ateus ou crentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos nascem teistas, pois vieram de Deus. Alguns é que se perdem na loucura de achar que deus não existe.
      Isso já foi comprovado por estudos acompanhados em civilizações. O indivíduo chega em uma determinada idade e apresenta laços transcendentes a um criador supremo.
      Conselho: Não fique repetindo o que os ateus dizem para sustentar seu ateísmo, pois geralmente não tem base científica alguma, como essa asneira que voc~e falou que todos nascem ateus.

      Excluir
  15. po eu nao costei isso e maiorr mentira meu.....

    ResponderExcluir
  16. É incrivcelmente fantástico como o homem se deixa influenciar por ideias dos seu próximo!Ninguém tem seu pensamento patentiado,simplesmente o retocam a cada vez que uma opinião se manifesta sobre seu modo de crer.

    ResponderExcluir
  17. Criticar ou contestar o que ouvimos e não vemos é como um cego que admira o brilho de uma pequena estrela e diz que ela é a sua maior luz!!!Dizem que não se precisa ver para crer,porém cada um vê apenas aquilo que acredita...e então tudo é real e pra todos,em mais absurdas molduras!

    ResponderExcluir
  18. Alguém discorda das verdades?

    ResponderExcluir
  19. Pô...onde estão os internautas fissurados?

    ResponderExcluir
  20. Faltou alguns, principalmente Nietzsche, pra mim é o melhor. Quanto a ser ateu... se somos é porque deus quis assim, visto que a "fé é dom de deus"!!!

    ResponderExcluir
  21. Que ridículo! "Todos nascem ateus e passam a acreditar em algo por que são ensinados"? Caraca, e os filósofos gregos, que chegaram metafisicamente a certeza da existência do primeiro motor imóvel, eterno e imutável? Quem os ensinou sobre isso? O ateísmo é antinatural, pois o homem é o único ser cuja felicidade transcende sua própria natureza. "Ser ateu tem a ver com QI elevado"? Ora, ora, faça-me o favor. Perdeu a oportunidade de ficar calado e deixar alguma dúvida sobre sua burrice. Gênios ateus? Desculpem-me, mas a lista de gênios que acreditavam em Deus é monstruosamente superior. Sugiro aos cristãos que aqui se manifestam um pouco menos de covardia em expor suas opiniões. Querem deixar essa minoria ridícula que não tem um pingo de responsabilidade ao sair por aí falando merda ficarem incólumes? Não! Chega de desonestidade intelectual!

    ResponderExcluir
  22. "Quanto a ser ateu... se somos é porque deus quis assim, visto que a "fé é dom de deus"!!!"

    Ora, ora, você acha que para ser ateu não é preciso ter fé? Você consegue me provar que Deus não existe?

    ResponderExcluir
  23. Temos que ver que os ateus acreditam num ser imaginário e inócuo, tão inteligente a ponto de criar o universo: o acaso. Realmente, deve ser muita fé para crer que o acaso ou o nada, esse deusinho do desespero humano ateísta, tenha criado todo o universo com harmonia e inteligência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo! Daqui uns dias vão criar uma "igreja" pra esse tal de "acaso"...

      Excluir
  24. O que é deus? Que fez,que faz ou fará, ele para provar a sua existência?
    Na verdade não será necessário arranjar uma palavra para se definir quem não acredita na existência de algo.Quanto muito será anti-teísta.Tal como quem não acredita no pai natal ou em fadas, não tem uma palavra que o defina. Apenas são anti pai natal e anti fadas. O bem e o mal é da responsabilidade do Homem

    ResponderExcluir
  25. Acha que a existencia se limita em quê?
    Talvez se pergunte ás vezes : "Se DEUS existe porque permite que haja tanta miséria pra muitos e riquesa abundante para poucos?"
    Então a reflexão que Ele nos permite ter responde:
    Isso é necessário para que haja o poder do perdão.Deus quer que nos fim dos tempos haja o arrependimento.ELE existe para os que precisam dele e o acham maior que seu próprio ego falso e ilusório!
    Quem se limita em seu próprio ego está junto á roda dos ímpios e escarnecedores...!

    ResponderExcluir
  26. Sou atéia, não acho que ateísmo interfira no QI das pessoas, assim como há cristãos ignorantes também há ateus ignorantes, assim como há ateus inteligentes também há cristãos inteligentes, assim como alguns cristãos não sabem como tem gente que não acredita em deus, há ateus que não sabem como tem gente que acredita. Não podemos generalizar, afinal, ninguém sabe a verdade sobre tudo. Errado é aquele que pensa que apenas ele está certo. Quem é você para dizer quem está certo e quem está errado? Até hoje ninguém provou a existência ou a inexistência de tal. Pode ser que algum esteja certo, pode ser que nenhum esteja certo. A falta de conhecimento sobre algum fenômeno não quer dizer que aquilo seja feito por algo ''superior''. Hoje podemos não ter resposta para tudo, mas quem sabe no futuro, as coisas sejam diferentes.

    ResponderExcluir
  27. SER ATEU É DEIXAR DE SER ESCRAVO, É DEIXAR DE SER COVARDE,É DEIXAR DE SER CONIVENTE COM A BARBÁRIE QUE SEMPRE SE PERPETROU CONTRA O HOMEM E A HUMANIDADE EM NOME DAS RELIGIÕES E NUMA CRENÇA EM UM DEUS. UM FILHO DA PUTA CAPAZ DE ESTUPRAR UMA MENININHA VAI LOGO JUSTIFICAR SUA ATITUDE DIZENDO QUE O ABANDONOU. O CRISTIANISMO FOI DURANTE DOIS MIL ANOS CONIVENTE COM A ESCRAVIDÃO. O HOLOCAUSTO JUDEU PERPETRADO POR HITLER TEVE O PROFUNDO SILÊNCIO DA IGREJA. SE FOR ENUMERAR O MAU QUE DEUS FAZ A HUMANIDADE, LEVARIA SÉCULOS NARRANDO.

    ResponderExcluir
  28. Como disse o Historiador "no passado não encontraremos pessoas, que diferentemente das do presente, não desfrutaram do luxo da descrença".

    ResponderExcluir
  29. Charles Dickens não era ateu. Era protestante. Era um crítico sim da igreja católica. leiam biografias...

    ResponderExcluir
  30. George Orwell não era religioso e isso se nota pelos seus livros, mas nada do que escreveu significa que não era crente. Ele próprio pediu para ter um enterro anglicano. Pouco ateu não acham?

    ResponderExcluir
  31. Na verdade a igreja na sua história para estes escritores demonstrou um mau exemplo de fé,amor e verdade que na verdade eu estou de acordo. Somente alguns conseguiram encontrar uma fé alternativa que não era a fé que a igreja ensinava.E outros fé nenhuma, como alguns que aqui são mencionados.

    ResponderExcluir
  32. Desculpe, mas vc tem certeza que George Orwel, Mark Twain e Charles Dickens eram ateus? Nada contra o ateísmo, mas se não me engano, e lendo pensamentos dos três, tenho a impressão que eles acreditaram em Deus.

    ResponderExcluir
  33. respondendo as critcas citadas sobre a ignorancia de pessoas espirituais: Existem grandes pensadores cristãos como Tomas de Aquino, santo Agostinho, C.S. Lewis, Brennan Manning, Ed Rene Kivitz etc. etc.

    ResponderExcluir
  34. Charles Dickens não era Darwin.
    Ele era religioso da Igreja Ortodoxa.

    ResponderExcluir

Informe:





As imagens utilizadas no blog foram encontradas na web. Caso você seja dententor de seus direitos autorais, e não deseja vê-la no blog, comunicar através do e-mail de contato, que as retiraremos do ar.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | cna certification